Sobre blush

por Naiara

Além de rímel, blush pra mim é outro item indispensável. Rola todo um ar aristocrata, afina o meu rosto de bolacha trakinas e dá aquele frescor de saúde. Nem lembro quando comecei a usar blush, só sei que desde então nunca mais saí de casa sem. Apesar de não ser a louca do blush como sou a louca da sombra ou da base, já experimentei alguns ao longo desses anos de beauté, além de ter aperfeiçoado a técnica.

Tudo começou com um blush líquido do Boticário… parecia um vidro de esmalte. Tinha que espalhar rapidinho se não ficava manchado, mas era o produto mais prático pra mim naquele momento, pois eu ainda não havia adentrado no fabuloso mundo dos pincéis de maquiagem. Um tempo depois acabei comprando um em bastão da Contem 1g e esse era o mesmo ritual: só espalhar com os dedos.

Assim usei por muito tempo, até que comprei um da Avon, o nome: Malva Sereno. Ele vem com o pincel, mas foi aí que descobri que usar aquilo era uma merda. Acabei comprando aqueles kitzinhos de pincéis horrendos que vem vários, um pior que o outro, pavor total. No começo é difícil dosar a quantidade certa, esfumar direito, mas com a prática melhora bastante. A questão, no caso dos blushes em pó, é que o pincel é um fator fundamental para a boa aplicação. O negócio é pegar de pouco em pouco pra não fazer a Sandy por aí.

Blush é um negócio que apesar de se usar todo dia, leva uma era pra terminar e o Malva Sereno até hoje existe. Mas aí a Avon acabou lançando a linha nova de maquiagem e comprei a cor Pêssego, que agora é o meu queridinho.

pêfego

Adoro pêfego. Ele parece claro, mas como sou nw15-filhote-de-lajuarte, serve. Já tentei usar tons como bronze, mas parece que tô com a cara suja.

pareço rica?

Uma gracinha /hebe. Só que sabe como é, makeup addicted que é makeup addicted não se contenta com uma cor só. E também porque eu sou muito influenciável pela embalagem parte 2, comprei um da Marimekko for Avon, o Hortênsia ou Orquídea, sei lá:

o de cima

Só uso pra sair. É LIMDO. Pra dar cor pego ali no meinho que é mais escuro, a parte mais clara só uso como iluminador nas têmporas e no osso da bochecha. E um pouco na ponta do nariz. E um pouco no queixo, e na testa. uaiaiuahu. É, eu gosto de sair ILUMINADA.

Daííí um belo dia tava fazendo nada numa Renner em  Florianópolis e comprei um blush em mousse. De volta ás raízes, nada de usar pincel. Mas acabei constatando que usar pincel é mais rápido… tudo bem, porque a cor é linda: Maybelline Dream Mousse Blush cor Pink Frosting:

moufe

É bem fofo. Vou falar que acho chatinho espalhar com a mão, meique perdi a coordenação assim. Tem brilho, mas nada edward. Dá pra usar de dia tranquilamente (só uso de dia aliás), deixa com cara de gente rechonchuda e saudável. Tô alternando ele e o pêssego. No Coisas de Diva tem uma resenha mais detalhada e swatches desse blush.

Até hoje ainda não experimentei o Orgasm da Nars, que dizem ser O blush, que é lindo, maravilhoso, fino, divisor de águas… Mas tenho a leve sensação que ele deve ser parecido com o pêssego ali. Mas hei de comprar, só pelo hype:

o best-seller da Sephora

Se bem que já lançaram o Nars Super Orgasm, daqui a pouco vão lançar o Master Orgasm, melhor esperar pra ver onde esse orgasmo vai parar.

Quem não usa, aconselho a experimentar uma vez. O rosto fica corado, sadio que nem a vó gosta. É que nem água termal: você não sabe direito pra que serve, mas depois que usa, não vive mais sem.

Anúncios