Últimas aquisições – MAC

por Naiara

Alô você que ainda visita este blog. Depois de mais de um mês, VOLTAY! Como já tinha comentado tô aqui morando nos estaduzunido, portanto ainda estava me situando e tudo mais. Mas agora tô aqui com tudo cheia dos produto pra escrever. Comprei umas par de coisas porque não trouxe quase nada do Brasil, por isso tenho bastante coisa pra falar. Mas resolvi começar com estes produtos da MAC, que nunca me decepcionam. Raramente compro algo da marca que não goste ou que não desenvolva uma paixão por ele.

Obviamente, aqui é muito fácil cair em tentação. Ainda mais quando você recebe por semana e só quer saber de extravasar no shopping mais próximo depois de longos 5 dias de trabalho. O bom é que os atendentes te deixam livre pra mexer e experimentar o que quiser sem ficar no seu pé. Por isso eu ♥ Sephora por exemplo. Todas as marcas desejo a sua disposição pra você se babar toda. Eu passo horas, ás vezes nem gasto nada. Ás vezes quero retocar o corretivo e dou uma passada lá HEUHREURHEA. Sabe como é colono quando sai da roça. Tem sido divertido.

Voltando. Da MAC mesmo, adquiri os seguintes produtos, os quais cobiçava há um tempo: o batom Ruby Woo, um Paint Pot na cor Painterly, um Iridescent Powder Pressed na cor Belightful e por último  – o Cream Colour Base na cor Virgin Island. Esse nunca cobicei, mas quando passei o dedo na loja não resisti. Também não resisti à foto da propaganda. Foi amor.


Vou falar uma coisa, esse batom realmente é tudo o que dizem e não é a toa que é um vermelho tão famoso. A textura é totalmente matte, chega a parecer aqueles batons antiiiigos. E a cor eu não sei dizer… mas acredito que todas as mulheres ficam bem com ele. É um vermelho vivo mas não tão aberto, incrível. E fica seco, elegantérrimo. Quando usei amiga sueca disse que eu parecia uma ‘business woman’, mas é que eu tava de cabelo preso hiaueha (aliás amiga sueca é MAC viciadona, tipo que acha que é a melhor marca do mundo, zzzz). Enfim. A durabilidade como já era de se esperar é ótima. Gostei muito mesmo, achei um bom investimento no quesito batom vermelho. Recomendo.

Olhem bem pra essa foto. Olhem o como BRILHA. Quando vi isso eu já não mais queria, eu PRECISAVA deste negócio pra usar como iluminador. Amo iluminador, acho de uma riqueza… O efeito é mais sutil, fiquei com preguiça de mostrar foto na pele, mas fica um negócio tipo ‘satin’ com alguns brilhos aleatórios mas nada muito globeleza. É um mimo.

Eu sempre quis um Paint Pot. Não é uma coisa fofa esse nome, potinho de tinta? Acho lúdico, acho sonoro. Sempre quis um Painterly porque sabia que teria uma aplicação prática na minha vida: tenho pálpebras escuras. Eu usava o Studio Finish nelas, mas tenho o problema do olho gordo, o que resulta em corretivo acumulado nas dobras. Com o PP é diferente e o painterly tem cor de corretivo (mas tem muitas outras cores disponíveis). A textura a princípio é cremosa, mas alguns segundos depois de aplicado, fica totalmente seco e não acumula nas pálpebras por nada neste mundo. A outra aplicação prática é que ele é perfeito como primer pra sombra. Eu já testei e realmente deixa as cores mais vivas. Tô afim de comprar outra cor mais ousada num futuro próximo pra usar quando tenho pressa, porque é muito prático de verdade e não acumulaaaaa. Não me canso de repetir isso porque tem muito produto nesse esquema que você passa, 15 segundos depois tá tudo marcado por causa do olho gordo.

Há algum tempo atrás, tinha lido muito pela internet sobre esse Virgin Isle, mas nem tinha dado bola porque tinha preguiça desse lance de blush cremoso. Mas aí tarra lá na loja fuçando quando vi este display maravilhoso com cores maravilhosos de uma coleção maravilhosa (qual coleção não é? desconheço). Não resisti e meti o dedão só pra ver. Xonei. Era lindo e mágico e eu precisava ter. Para o meu desespero, não tinha mais dele na loja… aí sim é que eu QUERIA mesmo. Por sorte, achei um pote na Macy’s. O mais legal é que quando cheguei em casa e experimentei me emocionei mais ainda: é o blush mais lindo que já usei em toda minha vida. Não sei se ornou com minha pele ou o que. E o mais legal é que como batom também ficou incrível. Um coral incrível! O fato de ser multi-uso contou uns 30 pontos na hora de comprar também. Achei bom negócio, por $16. Lembrando que os Cream Colour Base servem de blush/sombra/batom. Dá pra se lambuzar tudo, hua.

É isso, por hora. Logo volto com outros produtos que comprei e gostei, e lojas que tenho frequentado bastante.
Sim, tenho feito bons negócios neste país.

Anúncios