Usando pincéis para fins menos óbvios

por Naiara

Esse é o tipo de coisa que a gente só pega o jeito depois de usar maquiagem por algum tempo, descobrindo as coisas que funcionam ou não pra você. Eu percebi que uso pincéis para finalidades diferentes das determinadas, e que funcionam muito bem assim. Algumas dessas combinações foi na base da tentativa, outras foi de tanto ver os vídeos das Pixiwoo (eu já disse o quanto sou fã dessas? Outra hora me obrigo a fazer um post decente). Percebam meu amor por esses pincéis Real Techniques, não me canso de falar. Enfim, vamos dar início aos trabalhos COMBOS MARAVILHOSOS DE PINCEL E PRODUTO:

Eu sei que é idiota, mas eu só fui fazer o uso desses dois recentemente. Como tinha dito em algum post passado, não estava muito certa de como usar bronzer como contorno, até mesmo fiquei um pouco frustrada com as tentativas usando o pincel de contorno propriamente dito. Foi aí que tentei com com este pincel de blush, pois é muito mais fácil esfumar com ele e o resultado é bem natural. Além de tudo o que ajudou foi a técnica do 3 que a amiga Yasmin me contou, você meique ‘desenha’ um 3 na lateral do rosto, começa na têmpora até o maxilar. Ok, expliquei isso muito mal, um dia faço uma explicação mais gráfica.

Detalhe que eu não tinha muito claro na minha cabeça o que era contorno e o que era usar bronzer pra parecer bronzeada até ver esse vídeo, adivinha de quem é, sim é claro, as pixiwoo. Tem um monte de variações, usar bronze como contorno, usar bronzer como pó, usar bronzer como blush, uma loucura esse mundo de maquiagem.

E já que o pincel de contorno não tinha mais utilidade, arranjei outra função pra ele. A verdade é que eu tenho um pouco de preguiça de passar esse High Beam com os dedos, faz uma meleca e tal e parece que leva 2 anos pra espalhar direito. Então TCHANS, esse pincel é pequeno então é perfeito pra ‘esfumar’ o bagulho cremoso. Aí saio passando bem louca nas têmporas, no osso da bochecha, no osso da sobrancelha, no osso do nariz, é a festa da uva da iluminação.

Este pincel também tem outra utilidade, que é o combo a seguir:

O que eu acho sensacional no uso deste pincel com pó é que como ele é pequeno, você tem muito mais precisão na aplicação. Ultimamente ando muito adepta da make pele iluminada e natural, porém a refinaria de óleo da zona T não me permite sair ilesa assim, sem usar nenhum matificante. Só que com aquele pincelão de pó normal você passa a parada por tudo, não sei. Com esse passo bem de leve na testa, ao redor do nariz, no queixo e também embaixo dos olhos, para assentar o corretivo.

Essa aqui foi uma das dicas valiosas que aprendi com as Pixi. Logo que comprei esse corretivo, achava meio difícil de usar por causa da textura. Eu coloquei cremoso na foto, mas a verdade é que ele é quase líquido. Enfim, não só com o pro longwear mas qualquer corretivo fica com um acabamento muito melhor se aplicado com um pincel. No caso, um pincel de sombra. Eu uso tanto esse que chamam de esfumar (poderia usar o 217 da mac, mas preciso dele pra sombras mesmo) quanto um outro de ponta arredondada, porém acho esse melhor pois a pontinha fina dá maior precisão na cobertura de espinhas, por exemplo. Assim dá pra fazer uma pele bonita sem precisar usar aquelas máscaras horrorosas de base, como quando se usa Studio Fix Fluid (desculpa gentes que usam, mas esta base é muito marota e tem que cuidar na hora de passar).

Uma ressalva ao corretivo Studio Finish, ou qualquer um em potinho, que eu acho ruim porque parece que não pega no pincel. Aí aconselho uso da nobre ferramenta chamada dedo do meio.

Este combo é idiota porque parece óbvio. Mas só fui usar esse pincel pra isso um tempo depois. Normalmente este buffing brush como chamam seria usado para espalhar bases um pouco mais pesadas (exemplo acima da Studio Fix), ou sei lá, base mineral. E eu sempre tive preguiça de blush cremoso porque acho chatão usar o dedo pra passar, demora muito. Mas, gosto do efeito natural, dessa luminosidade que os blushes cremosos proporcionam. A salvação foi esse pincel aí que é super denso, assim ele consegue pegar produto E esfumar facinho. Eu fiquei muito feliz porque passei a incorporar esse blush cremoso da foto (MAC Britwit) e o CCB Virgin Isle, lindo mas meio duro, no meu dia-a-dia.

Bem, esses foram alguns dos usos para pincéis que acabei incorporando à minha rotina de maquiagem. O que vocês acham, faz sentido ou é meio besta? Não sei, mas baseado nas minhas experiências maquilagísticas, são coisas que funcionam para mim.

Anúncios